legítimo interesse é uma saída interessante para quando não é viável obter o consentimento ou quando não há um contrato com o titular dos dados. Isso permite, por exemplo, que o Google trate dados pessoais em sua atividade de indexador.


Mas atenção: o tratamento de dados com base em legítimo interesse precisa observar as regras do artigo 10, não se aplica a dados sensíveis (definidos no art. 5º, II) ou dados de crianças e adolescentes. Implica também cuidados maiores, como a elaboração de um relatório de impacto que pode ser exigido pela futura autoridade nacional (o chamado relatório de impacto à proteção de dados ou LIA –legitimate interest assessment). 


Como usar?

  • Selecione o menu Data Mapping e em Entrevistas(assessment), clique em Formulários.

  • Na lista de formulários que carregar, clique no botão Adicionar formulário.

  • Na tela que abrir, selecione o Modelo de nome LIA e preencha os campos Título Descrição e clique no botão Salvar

  • No momento que salvar/criar o formulário, de forma automática aparece um novo botão de nome Enviar, ao clicar vai abrir uma pop up para poder selecionar os usuários que vão responder ao formulário. Segue print de exemplo.

Os usuários recebem por e-mail um link do formulário para poder responder as questões, na qual, é necessário que o usuário já esteja conectado na área administrativa da PrivacyTools para conseguir abrir o formulário para passar as respostas.


Possui etapas de segurança, segue:

  1. Precisa estar conectado na área administrativa da PrivacyTools com o usuário que recebeu o formulário por e-mail. Ou seja, se tentar responder um formulário conectado com um usuário diferente não vai conseguir.

  2. Já preencheu com todas respostas no formulário, vai clicar em ‘Salvar e concluir’, ao fazer isso, de forma automática recebe um 2° e-mail com um link, na qual, precisa clicar para confirmar o envio, se não fizer esta etapa as respostas não vão ser registradas.

  3. No momento que clicar no botão Salvar e concluir não vai conseguir editar as respostas depois. 


A vantagem do LIA na plataforma da PrivacyTools, que não precisa cadastrar todas as questões, porque, já deixamos o modelo do LIA pronto para poder selecionar em um novo formulário e usar.